12 Horas de Sono

Posts Tagged ‘Jogos

Rei do Crime

Posted on: 25/05/2009

Para quem não tem muita paciência em ficar horas jogando um game no console e curte, enquanto está no pc, jogar um joguinho simples de browser, fica a dica. Hoje, 25 de Maio, foi lançado no Brasil a versão traduzida de Rei do Crime. O jogo é da Nimrod Games, empresa que tem uma grande parceria com a XS-Software, responsável pelo Guerra Khan.

Trata-se de um jogo de gangsters. É bem parecido com o modo de jogo de The Crims, porém, possui um visual mais atrativo e opções maiores.

Acesse clicando na imagem à baixo, crie seu login e divirta-se!

Anúncios

Guerra Khan

Posted on: 16/03/2009

Para os apreciadores de um MMO jogado no próprio browser, fica uma dica: GUERRA KHAN.

O jogo não tem nada de muito grandioso, mas já dá pra se divertir. No começo eu não dei muita importância, mas agora estou um pouco bastante viciado! O visual do game é até convidativo. Ele é um jogo de estratégia medieval, baseado em figuras demonstrativas. O único local mais interativo no jogo é o painel principal, onde visualizamos nosso castelo. Lá podemos ver as mudanças realizadas nele. Veja a imagem à baixo do meu login.

No jogo é possível escolher entre 9 nações diferente para jogar. São elas: Bulgaros, francos, alemães, poloneses, bizantinos, britânicos, árabes, lituanos e russos. Cada um possui suas vantagens e desvantagens. Eu jogo com britânicos em um login e com russos em outro.

Os jogos se dividem entre três mundos. Mundo 1, 2 e 3. São gerados rounds de 4 e 6 meses entre eles, para que exista um ganhador e ranking durante esses períodos. Depois, os rounds são resetados e tudo começa do zero. Assim, os novos cadastrados tem uma vantagem melhor.

Para entender melhor o jogo e verificar se vale ou não a pena, o melhor mesmo é jogar! Entre e cadastre-se clicando na imagem à baixo.

Divirtam-se!!!
😉 

Diablo III

Posted on: 13/01/2009

Para ser sincero eu nunca fui muito com a cara dos jogos da franquia Diablo. Aliás, para ser ainda mais sincero, eu nunca fui muito fã de jogos de pc, a não ser alguns de estratégia como: Age of Empires e afins. Entrando no sistema MMO (Massively Multiplayer Online) a coisa só piora. Eu acabo me cansando dos jogos do gênero e deixo eles de lado. Um bom exemplo disso foi quando comecei a jogar Ragnarok e apenas 2 semanas depois já estava enjoado de jogar aquilo. No entanto, tenho que ser sincero também no momento e dizer que, mesmo ainda não tendo jogado, Diablo III me encheu os olhos.

O bom de Diablo é que não é obrigatoriamente necessário estar online num servidor MMO. É possível jogá-lo em campanha, o que me faz pensar seriamente em tê-lo em meu pc assim que for lançado. Um outro bom motivo é que os desenvolvedores criaram um tipo de cenário que não se torna pesado a uma configuração média de computador. Isso geralmente é sinônimo de um gráfico igualmente mediano, porém, em Diablo III isso não ocorre.

Esse desenvolvimento dos cenários foi feito com muito carinho e atenção. Os campos ficaram maravilhosos, as árvores, os arbustos, tudo com um tom de brush, meio aguado, como se fosse uma pintura. É como estar visualizando realmente um conto de fadas. Já as construções, como os castelos, ruínas, e etc. foram feitas na forma 3d. Os cenários serão interativos, por isso tudo que está sobre o chão, mesas, cadeiras, barris, também levaram um tratamento 3d e uma animação consequente da ação. Já as personagens foram tratadas tão gentilmente que eu poderia afirmar ser a melhor animação para um game do gênero, não esquecendo das armaduras e roupas em geral que podem ser trocadas conforme preferência.

Os efeitos visuais providos de batalhas, seja física ou mágica, estão muito bem trabalhados. A Blizzard não mediu esforços para dar vida a essa obra, e é por isso que eu estou louco para jogar.

Algumas imagens do game

Geralmente eu me surpreendo com os games. Ao olhar uma imagem liberada para a mídia, ou um vídeo, eu fico um pouco com o pé atrás e acabo não gostando muito. Pode ser qualquer um, eu sempre digo que não gostei. Quando jogo, aí sim vejo que não se pode realmente qualificar um jogo por uma imagem ou vídeo, e sim apenas jogando-o. Se eu gostei da imagem de Diablo III, será que a experiência de joagá-lo será ainda mais satisfatória? Só resta aguardar para ver. Eu espero que sim.

 

A galerinha da animação não perde tempo. Tem algumas animações em flash por aí interessantes, legalzinhas, mas algumas são realmente muito inteligentes. Essa que eu encontrei é tão rica em detalhes que as vezes quem está assistindo até se perde com tanto movimento. A animação é baseado em um jogo em flash que você encontra no final da postagem.

Nos vídeos e no jogo o negócio é o seguinte. Existe o criador e a criação. O criador (que é você) tem como aliado o ícone do mouse para selecionar as ferramentas que desejar usar contra sua criação, o homem palito, enquanto a criação faz o mesmo se movimentando por conta própria dentro da interface do Flash. A criação pode ter vários níveis. Victim (vítima), Killer (assassino), Beast (besta/fera) ou The Chosen One (o escolhido).

PARTE 1

PARTE 2

Animator vs Animation Jogo 1

Animator vs Animation jogo 2

Akinator

Posted on: 15/11/2008

Recentemente um joguinho on-line passou a ficar famoso na internet. Graças aos blogs, que passavam as informações um para o outro e entre seus leitores.

Trata-se de um site chamado Akinator que diz descobrir em quem você está pensando. Através de algumas perguntas, por sinal muito bem elaboradas, um personagem com as características de um gênio da lâmpada consegue a façanha. Tudo isso graças a um buscador que checa todas as informações já adicionadas em seu banco de dados. É bem simples a lógica do jogo, tanto que ele vem ficando a cada dia mais espertinho, pois com a ajuda dos jogadores, ele inclui nomes em sua lista de busca e também perguntas que possam ajudar a ele nessa empreitada.

O engraçado é que quando a coisa aperta para o lado dele, podemos vê-lo fazer careta e uma força para pensar, como quem estivesse sentado em um vaso fazendo suas necessidades. Nem sempre ele acerta, afinal a nossa imaginação não tem limites e nem todos são tão conhecidos para estar frequentemente na boca do povo. E quando isso acontece, quando por exemplo você pensa em sua amada namorada, ele dá uma de sabichão, põe uma imagem de duas pessoas se beijando com a legenda “your gilrfriend”.

E quando não consegue de jeito algum encontrar uma lógica em suas respostas, ele simplesmente diz que você não sabe responder às perguntas e põe uma imagem atrevida.

Vou deixar vocês com algumas imagens que capturei do jogo.

 

Acertou em quem eu estava pensando

Acertou em quem eu estava pensando

 

A lista das perguntas com as minhas respostas e as respostas esperadas por ele. Como podem ver, as vezes ele força a barra, e com essas perguntas até eu poderia "ler a mente" dos outros.

A lista das perguntas com as minhas respostas e as respostas esperadas por ele. Como podem ver, as vezes ele força a barra, e com essas perguntas até eu poderia ler a mente de alguém.

 

Eu fiz mais uma vez depois dessa, e ele acertou novamente. Mas essa segunda não valeu. Suas perguntas foram muito sacanas.

“Seu personagem é real? Foi conhecido através do cinema? Fez sucesso nos anos 80? Ele era um criminoso? Usava máscara? Tinha irmão ou irmã? Tinha uma irmã? … Michael Myers!!!”

Molezinha, não? 😉


Antiguidade

Ih, é hoje!

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Comentários

[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Em quem votar?
Malu em Em quem votar?
[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Diablo III

RSS Twitter/guxta

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Status do Blog

  • 35,310 hits