12 Horas de Sono

Oi, a empresa que só cresce… Independente de como

Posted on: 08/10/2009

Acho que pelo menos 90% da população do Brasil sabe disso. Se não tem certeza, provavelmente desconfia. A Oi chegou para ficar e a cada ano que passa aumenta seus lucros de uma forma incrível, além de oferecer novos serviços. Muitos diriam que isso não é nada além de competência. De fato, isso não deixa de ser uma verdade. Nem eu e nem você discordamos que a empresa tem seus méritos e é bem administrada, mas alguns pontos também nos mostram que além de competência em sua administração, ela possui uma competência incrível em nos “roubar”.

A Oi é uma das empresas mais acionadas em tribunais, pelo menos no Rio de Janeiro. Não sou eu quem  está falando isso, veja:

“A Oi foi a empresa mais acionada nos Juizados Especiais Cíveis (JEC’s) do Rio no ano passado. Segundo levantamento do Tribunal de Justiça do Estado, de Janeiro a Novembro de 2007, a concessionária respondeu a 40.567 processos, correspondente a 9,85% de todas as ações distribuídas aos juizados.”

– Esse artigo é de um site pelo qual não mencionarei por não permitir que seu conteúdo seja copiado. Caso eu queira passá-lo adiante em outro local, terei que entrar em contato com a Globo para poder comprá-lo ou obter autorização… Ops! Falei. 🙂 –

Mas voltando ao assunto principal… Isso não é incrível? Muitas vezes nós somos taxados de mal informados e idiotas por essa empresa, quando na verdade, mal informados são seus funcionários que nos passam informações errôneas durante um contato. O que mais me apavora – de verdade – é que a justiça nada faz.

Já tivemos algumas vitórias sobre a Oi, como a diminuição de preço da internet banda larga no estado da Bahia – leia. Só resta saber se ela irá cumprir, e se cumprir irá permanecer assim. É um absurdo os valores cobrados em alguns estados. No Amazonas, por exemplo, o acesso à internet de 600 kbps é de R$425. Esse é o valor mais elevado da empresa para acesso à internet, mas em outros estados a coisa também é salgada. Como explicar esse preço? Inviabilidade técnica e despreparo regional? Que nada, isso é monopólio mesmo.

Quem não tem com quem competir cobra o que quer. Quem precisa ou quer usufruir do serviço, paga se puder. Não há conversa. Isso se explica no próprio caso do estado da Bahia. A Oi teria que baixar seus preços no estado e para isso um prazo foi determinado, porém o que realmente fez com que a mudança chegasse não foi exatamente a determinação jurídica e sim a concorrência. Os absurdos foram diminuídos com a chegada da GVT à Salvador.

Para reclamar da exploração de valores e poder que a Oi faz não é preciso se prender apenas à internet. Quantas pessoas já foram à justiça para reclamar de ligações que nunca fizeram? Quantas pessoas ligaram para a central de atendimento para reclamar de uma cobrança indevida? Aqui vai uma dica: não adianta juntar todos os seus familiares e amigos que mesmo assim não será possível contar nos dedos.

E o tal ‘Oi Conta Total’? A solução que a Oi prometia para o telefone fixo, que acabaria com as contas quilométricas e valores altíssimos através de planos super simples e funcionais? Besteira. Deu mais dor de cabeça ainda. O que adianta você assinar algo que lhe promete um valor, e no mês seguinte receber uma conta com o dobro, o triplo, ou mais ainda daquilo? Como pode um plano que seria de R$219,00 chegar aos taquicardíacos R$1.200? Essa nem o meu amigo conseguiu responder até hoje. A conta era dele.

No entanto, com tudo isso, a Oi cresce a cada ano. Se já tinha poder sobre telefonia – fixa e móvel – e internet banda larga, agora também ingressou na tv por assinatura. O preço é atraente, mas você arriscaria? Eu, sinceramente, não. Sempre existe o contrato de um ano, e com certeza eu me aborreceria mais que com a Sky. Em 2006 a Oi teve um lucro de R$1,3 bi, em 2007 R$2,4 bi e em 2008 parecia que ia superar qualquer expectativa quando de R$4,5 bi cai para a metade do lucro de 2007. Esse ano – 2009 – parece ainda pior, com uma queda de 98% até Maio. Só não devemos esquecer que a empresa comprou a Brasil Telecom, entre outros negócios que geraram dívidas. Se comprou, podia. Se abriu novo serviço, podia. Resta aguardar para ver o que acontece nos próximos anos.

O mais incrível é que mesmo com tudo isso: problemas, reclamações, cobranças indevidas, abusos de preço, serviços enganosos, etc. cada vez mais pessoas migram para a empresa. Com seu próprio crescimento e também a compra da Telecom, o aumento de clientes é de 45%.

Eu não gosto, nunca gostei e nunca irei gostar dessa empresa. Já tive dores de cabeça demais. Não temos pra onde fugir em certas ocasiões e recorremos a ela. Mas na primeira oportunidade com certeza pularei fora. Nesse dia irei responder à altura, direi TCHAU!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antiguidade

Ih, é hoje!

outubro 2009
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários

[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Em quem votar?
Malu em Em quem votar?
[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Diablo III

RSS Twitter/guxta

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Status do Blog

  • 35,364 hits
%d blogueiros gostam disto: