12 Horas de Sono

The Wrestler

Posted on: 24/01/2009

The Wrestler, O Lutador, Mickey Rourke. Eu não esperava muito do filme. Achava que era algo normal, um filme normal, normal, normal, normal. Mas não, é um puta filme!

Para quem achava que The Wrestler era um tipo de releitura de Rocky, se enganou. Não é um filme de superação. É um filme de tentativa de redenção. Todos sabemos que a vida é difícil. Mickey Rourke interpreta um lutador de luta livre chamado Randy The Ram que com o passar do tempo viu sua carreira ir do topo ao fundo do poço. Existem por aí lutadores que ganham milhões a cada apresentação, mas no passado a coisa ainda era pequena, e quando Ram se vê já velho, massacrado pelos anos de pancada e drogas para manter o corpo, ele cai na real.

Com mais de 50 anos, Ram tem uma filha que abandonou, um trailer onde vive de aluguel e um furgão. Mais nada. Suas apresentações rendem uma merreca aqui e ali, sendo necessário fazer alguns bicos em uma rede de supermercados. Um dia, após uma grande luta, Ram desmaia e vai parar no hospital. Ele sofreu um ataque cardíaco e precisa parar de lutar. Seu coração não aguenta mais o ritmo que ele levava. Marisa Tomei entra na história logo no início. Uma striper chamada Pam. Contrariada a aceitar um romance à essa idade e já com um filho de 9 anos, ela empurra Ram de sua vida enquanto ele tenta se aproximar. Quando achamos que a história vai acabar bem, tudo muda de figura. Mais uma luta está marcada, a última, e não há que o faça mudar de idéia.

O filme é bom. Não, o filme é maravilhoso! Fora a história, a direção soube fazer perfeitamente o espectador sentir o que Ram sente. As vezes me faltou ar durante algumas cenas de tanto ver um sofrimento contido louco para explodir. A atuação de Mickey Rourke não foi espetacular, mas conseguiu nos passar exatamente o quanto a vida daquele personagem era dura. O roteiro também é ótimo e me fez chorar durante duas cenas. A última, claro, quando Ram faz um pequeno discurso no ringue e outra em que ele está com sua filha, num galpão abandonado.

The Wrestler mexe conosco lá no fundo. Não é uma história feliz, passa longe disso, mas nos faz pensar bastante em todas as pessoas que ganham a vida no sufoco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antiguidade

Ih, é hoje!

janeiro 2009
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários

[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Em quem votar?
Malu em Em quem votar?
[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Diablo III

RSS Twitter/guxta

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Status do Blog

  • 35,364 hits
%d blogueiros gostam disto: