12 Horas de Sono

Ghost Rider: Trail Of Tears

Posted on: 14/01/2009

Quem lembra do desastroso Motoqueiro Fanstasma no cinema? Eu me lembro. Também, não era pra menos. Nicolas Cage como o motoqueiro?  Era pra não dar certo. Não sei, no momento, quem seria mais apropriado, mas definitivamente Nicolas Cage foi uma péssima escolha.

O filme é assistível. Podemos nos divertir vendo ele numa Tela Quente, por exemplo. Mas no cinema, depois de pagar R$ 16,00 não é nada divertido. A HQ do Motoqueiro é muito boa, e quando fazem alguns especiais tranferindo o Motoqueiro para o Cavaleiro é muito melhor. Se eu não me engano, no filme existe um antecessor do Motoqueiro. Um velho que cuida do cemitério e antigamentente havia sido o Ghost Rider. O coroa usa um chapéu de cowboy e parece ter sido da época do Velho Oeste, que atualmente se mescla com a vida urbana.

Depois de começar a ler um desses especiais, onde encontramos o Ghot Rider numa época próxima a do Velho Oeste, é que me dei conta que um filme com essa temática seria incrível. Não sei se é porque eu adoro histórias mais antigas, seja medieval ou western, tô sempre na fila para assistir. A época atual eu já conheço, vivo nela, a fantasia de remontar a história me tira o fôlego. E se existir um “q” a mais então, aí que eu adoro.

Nesse especial em 6 edições chamado: Ghost Rider – Trail Of Tears, até onde eu li – 4º edição – o Ghost Rider está caçando um grupo de homens que vem cometendo uma matança apenas pelo preconceito. negros, putas e outro tipo de gente sofre pelas mãos deles apenas porque o grupo não os acha justos diante sua crença. Ou seja, Deus é bom demais para eles, eles não merecem ser acolhidos nesse mundo. Na história também existe um homem, bem puxado para o estilo cowboy de ser, que também está atrás desse grupo de homens, sendo que ele não busca vingança, e sim justiça. É um conto – sim, eu considero um belo conto – com elementos bem argumentados e até simples de se acompanhar. Vingança, justiça, um cavaleiro fantasma vindo do inferno. Claro que não é nada novo, mas lembrem-se que hoje em dia nada de cria, tudo se copia. Ao menos em partes.

Está aí a minha esperança. Sei que é muito remota a possibilidade disso ser filmado, ainda mais depois do fracasso do filme de Nicolas Cage, mas, a esperança é a última que morre. Algum produtor aí a fim de bancar o projeto? Esse eu garanto que se dá melhor que o anterior. A não ser que chamem o Cage outra vez, daí mela tudo. Ah! E claro. Um diretor de fotografia e um de arte aclamados caíria bem.

Algumas imagens da HQ

Pelo que eu saiba, nenhuma editora publicou o especial por aqui. Espero que um dia chegue, mas caso não conteça, quem quiser ler é só entrar no site Vertigem que lá tem.

Anúncios

2 Respostas to "Ghost Rider: Trail Of Tears"

Odiei o filme e adoro HQs, embora prefira as mais antigas com vampiros e lobisomens, de preferência, em preto e branco.

Mudando de assunto… É como vc falou, Ghost Rider é uma ótima Tela Quente. Nicolas Cage consegue ser um bom ator, só precisa escolher melhor seus papéis. Só isso!

Gostei da atuação do Nicolas Cage.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antiguidade

Ih, é hoje!

janeiro 2009
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários

[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Em quem votar?
Malu em Em quem votar?
[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Diablo III

RSS Twitter/guxta

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Status do Blog

  • 35,364 hits
%d blogueiros gostam disto: