12 Horas de Sono

Minha Mãe!

Posted on: 28/11/2008

“I was in your arms, thinking I belonged there… I figured it made sense, building me a fence… Building me a home, thinking I’d be strong there… But I was a fool playing by the rules”.

Musicais não são meu forte. Aliás, para ser mais exato, até o lançamento de Mamma Mia! eu havia gostado apenas de um musical chamado Across The Universe. Talvez eu seja suspeito em elogiar tanto Across, pois sou super fã de Beatles e escuto ao menos uma música da banda por dia, porém, o assunto não é esse, então vamos para o que interessa.

Como eu dizia, o único musical que eu havia gostado até o lançamento de Mamma Mia! tinha sido Across The Universe, e infelizmente, ou felizmente, mesmo depois do lançamento, ainda é.

Não, eu não gosto de Moulin Rouge. E não, eu também não gosto de Chicago. E não, continuo com a lista, muito menos gosto de Sweeney Todd, mesmo tendo Johnny Depp, um de meus atores preferidos, no elenco. Por que? Pode parecer perseguição contra os musicais, mas eu juro que não é. Confesso que não sou muito motivado a ver um filme do gênero, mas mesmo assim eu vejo e dou meu paracer. Vi Mamma Mia! e aqui estou eu para fazê-lo.

O elenco é formidável. Temos Meryl Streep, Pierce Brosnan e Stellan Skarsgard em “primeiro plano” e outros em”segundo plano”, como Amanda Seyfried. Todos estão muito bem em seus papéis, porque fizeram exatamente o que a diretora quis. Phyllida Lloyd, ao que percebi, queria uma coisa descontraída e desengonçada. O humor encontrado no musical é sem dúvida grego, com aquele ar despreocupado de fazer o que dá na telha. Os personagens estão soltos, completamente livres para fazer algumas palhaçadas que eu preferia que tivesse sido menos exagerado. Essa liberdade dada aos personagens acabou ficando negativa. Era como se tivessem dito a eles: “Vão! Pulem! Divirtam-se! Façam palhaçadas e não se preocupem!”. Ficou diferente? Ficou. Ficou ridículo? Ficou. Não me agrada ver Meryl Streep fazendo caras e bocas junto de algumas posições que em alguns momentos me fizeram passar por uma pequena vergonha alheia, sem contar com as coreografias dos famosos figurantes dançarinos que sempre estão presente em musicais, e que dessa vez ficaram forçados. Quem soube dosar bem essa liberdade dada pela diretora foi Amanda Seyfried, o resto enbarcou no mesmo trem. Sinceramente meus parabéns à ela.

A história é simples. Um casamento está para acontecer e a noiva se vê em um momento decisivo de sua vida. Ela nunca soube quem era seu pai, mora sozinha com a mãe na Grécia, e na véspera da cermiônia resolve enviar três cartas para três homens diferentes que seriam seus possíveis pais. Não avisa ninguém do plano e quando os homens chegam a confusão começa. Em alguns momentos o roteiro ficou bom, em outros eu achei bem fraco. Algumas músicas não se encaixaram nas cenas, uma delas é a minha preferida do filme. The Winner Takes It All do ABBA. Aliás, o filme é todo feito em cima de canções da banda, que é ótima e rende boas músicas.

A direção eu não preciso nem comentar. Por mim poderiam ter jogado isso fora, ter contratado outro diretor e recomeçado do zero. Com algumas mudanças de cenas o roteiro conseguiria seguir bem, mas a direção não desceu de forma alguma. Por isso não ponho a culpa nos atores, que seguiram apenas o que o mestre mandou.

Do visual eu não tenho o que reclamar, a fotografia ficou viva e bonita. Na verdade, há quem vá gostar do geral. Há quem não vá se perturbar com as coisas ridículas e há quem não vá nem se dar conta da direção. Pelo menos vale para ouvir ABBA e se deliciar com paisagens, cenários e figurinos – menos o do final.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A música que eu citei

Anúncios
Tags: ,

1 Response to "Minha Mãe!"

Eu gostei do filme com ressalvas. Muitas ressalvas… ” A lot of” delas. daqui a lguns anos será uma boa Sessão da Tarde que assistirei com meus netinhos. Rs…

Eu não conhecia esse vídeo aí de baixo, esse do Selton. Muito cool. E a cada dia que passa, vejo que o barato dele é mesmo cinema. E estou louca para ver o Feliz Natal!!! Aqui ainda não chegou!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Antiguidade

Ih, é hoje!

novembro 2008
D S T Q Q S S
    dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Comentários

[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Em quem votar?
Malu em Em quem votar?
[_m-BZ] em Em quem votar?
guxta em Diablo III

RSS Twitter/guxta

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Status do Blog

  • 35,341 hits
%d blogueiros gostam disto: